sexta-feira, outubro 21, 2011

Suspiros


Hoje resolvi mostrar uma receita super fácil e que remete a infância de muitas pessoas...suspiros! É uma coisinha gostosa que a gente vai comendo sem nem sentir e vai bem como lanchinho, sobremesa, podendo ter infinitos usos. Mas também é derivado do verbo suspirar, que seria desejar, ter saudades de algo. Eu suspiro quando me recordo da minha infância, época boa em que não temos responsabilidades e nosso maior “problema” é conseguir passar nas provas da escola e algo que hoje, já adultos, vemos que ficávamos aflitos porque motivos tão simples, às vezes banais, mas que para nós pareciam “coisas sérias". Ah! Que época boa... Sempre que vejo suspiros, me faz lembrar essa fase deliciosa que não volta mais. E vamos a essa receita simples que vai te fazer suspirar de alegria! :)



Ingredientes (rendeu 57 suspiros):
- 03 claras;
- 09 colheres de sopa de açúcar;
- 02 baunilhas em fava (opcional, pode substituir pelo extrato de baunilha

Modo de preparar:

Pré-aqueça o forno a 180 °C. Bata as claras em neve e vá adicionando as colheres de açúcar, elas devem ficar bem batidas, em picos firmes (se você virar levemente as claras batidas, ela não devem cair), adicione as favas de baunilha ou o extrato de baunilha e misture. Separe uma assadeira grande, forre com papel manteiga e vá formando os suspiros com auxilio de uma colher de chá ou coloque num saco de confeiteiro e vá formando pequenas bolinhas brancas, de acordo com o tamanho que desejar! Depois, leve a assadeira ao forno já pré-aquecido e coloque uma colher de pau na porta, pois ela deve ficar entre-aberta, para que os suspiros fiquem crocantes por fora e macios por dentro, deixe-os lá até dourar. Depois, espere esfriar um pouco para retirar da assadeira.

E você, o que te faz suspirar? ;)

Beijos e um ótimo fim de semana! 

18 comentários:

  1. Oi!

    Adoro suspiros e o meu filhote também:)

    Os teus ficaram de suspirar por eles...

    Bom fim-de-semana!
    Beijinhos da Formiguinha

    ResponderExcluir
  2. Os teus suspiros estão mesmo perfeitos!

    ResponderExcluir
  3. Tereza,
    Eu amo suspiros... Os teus ficaram perfeitos e lindos : ) Lembro-me tão bem dos que a minha mãe fazia, ponha sempre um pouco de licor. Os teus deixaram-me a suspirar e muito ;)

    Beijinhos e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  4. Oi Tereza,
    Estou suspirando pelos seus suspiros.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  5. Tereza os seus suspiros ficaram lindos, me fez lembrar da minha irmã, ela desde pequena adora suspiros.
    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Meu filho adora suspiros, já tentei fazer e não deu certo, qualquer dia tento a sua receitinha.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Eu não tenho limites comendo suspiros, como até acabar kkk
    Sua receita é muito fácil, amei
    Um final de semana excelente pra vc
    Bjs
    Vivi
    www.viviass.blogspot.com
    www.meublogdereceitasfavoritas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. A minha frustração e não saber fazê-los Tê, já tentei tudo que é receita e nunca deram certo. Ou ficam parecendo chiclete, ou murcham mas nunca ficam bons, já tentei todos os truques, decididamente não tenho mão pra suspiros, o que é uma pena, pois adoro suspiros. Só me resta suspirar hehe. Os seus ficaram lindos...bjokas

    ResponderExcluir
  9. Te, seus suspiros estão de suspirar :-) Não sou muito fã de comê-los puros, mas esses suspirinhos quebrados com um creme simples e frutas frescas (de preferência morangos) dão uma sobremesa deliciosa! A Josy levantou essa bola, você tem mão para suspiro! Ficaram lindinhos. Nunca tentei fazer, sou preguiçosa e compro pronto (o sabor nem chega perto do caseiro), rsrs. Beijos!

    ResponderExcluir
  10. QUE DELÍCIA TEREZA, PENA QUE NÃO CONSIGO FAZÊ-LOS,OS SEUS ESTÃO LINDOS E DERRETEM NA BOCA, HUMMMMMMM!

    BEIJÃO E ÓTIMO FIM DE SEMANA!

    ResponderExcluir
  11. Olá Tereza!
    Só um momento, deixa eu acabar de suspirar: ai, aaaaaiiiii! kkkk
    Ai que delícia! Suspiro é aquele tipo de guloseima que vc não consegue comer só um e quando percebe já acabou com tudo! Ótimo findi para vc! Beijosss

    ResponderExcluir
  12. Tô suspirando até agora com teu texto! Suspiros são uma delícia mesmo :)
    Um beijo, Queila

    ResponderExcluir
  13. Nossa, que fácil! Não sabia que era assim. :) Ficaram lindos! E adorei a foto!

    Beijos

    Ju

    ResponderExcluir
  14. Minha doce amiga Tereza, Engraçado que muda as gerações e os problemas de infância são sempre os mesmos,né?
    Dá sim muita saudade desse tempo q remete a infância e os suspiros q vc fez faz isso com a gente!!!
    Nunca obtive sucesso nas tentativas de fazê-los. Desistí!!!!
    Mas vc explicando parecem tão fáceis de fazer q até me envergonho de não conseguir,rsrsrs.
    Bjinhas

    ResponderExcluir
  15. Suspiros são sempre bem-vindos. Se tiverem um formato fofinho como esse, então...
    Houve uma época que oferecíamos suspirinhos para os clientes, era sucesso total.
    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  16. Tereza,

    Suspiros também me remetem à infância por dois momentos:

    1) nas férias íamos eu, meu irmão e meus primos passar semanas na casa dos meus avós. Era um sítio bem afastado e toda segunda-feira um japonês chegava até lá com sua kombi cheia de guloseimas. Cada neto podia escolher uma coisa. Eu sempre escolhia suspiros...rs.

    2) Lá nos anos 80 minha mãe tinha um forno de barro nos fundos de casa. Este forno era dividido com uma vizinha. Elas passavam a tarde fazendo pão, cucas, roscas, broas e..suspiros! Muitos suspiros... Lembro que elas colocavam limão e confeitos. Eu adorava.

    Tão simples e tão bom, né?!

    Um beijo doce para vc, minha amiga.

    Carla Maicá

    ResponderExcluir
  17. tereza, seus suspiros estão lindos! Realmente é algo que remete a infância, assim como algodão doce!!!! Nunca mais comi suspiros,acredita? É o medo de engordar!!!!!!! Mas lembro que eu adorava e comia aos pouquinhos pra fazer o doce durar mais tempo,rsrsrsrs! Um beijão!

    ResponderExcluir

Sua opinião é importante !! Fique à vontade para deixar seu comentário, elogios, críticas ou dúvidas.